fbpx

Como economizar Imposto de Renda sobre a receita de aluguel?

By |2017-02-08T18:55:25+00:00fevereiro 8th, 2017|Holding|

Muitas pessoas que possuem imóveis de aluguel têm a impressão de estar sacrificando uma porcentagem exorbitante da sua renda para pagar imposto.

Se você é uma dessas pessoas, este artigo é destinado a você, que está se sentindo inseguro e desconfortável ao ter que arcar com uma carga tributária elevada.

Você deve estar se perguntando: Existe uma alternativa para reverter essa situação?

Felizmente sim! E o melhor, você está no lugar certo para aprender como economizar em determinadas situações.

Para isso basta ler este artigo até o final!

O Investidor em imóveis de aluguel e os impostos no Brasil.

Infelizmente hoje o nosso país se encontra em um quadro de instabilidade, estamos em meio de uma crise financeira e política, e é justamente diante dessas situações que o cidadão sai mais prejudicado.

Nesse momento surgem algumas perguntas: Diante de tantos escândalos de corrupção, como será que nosso suado dinheiro tem sido utilizado? Além disso, por qual motivo não rever se estamos pagando a tributação JUSTA em relação à nossos bens?

Hoje no Brasil existem mais de 6.000 leis tributárias, o que dificulta ainda mais o entendimento por parte da população.

Por muitas vezes, o cidadão acaba sendo induzido ao erro e opta por um regime de tributação menos privilegiado (e aqui nem digo errado, e sim, menos privilegiado).

Vejamos a seguir uma das alternativas para mudar essa situação.

Como pagar menos Imposto de Renda sobre a receita ganha de aluguel.

A grande maioria dos investidores que atuam no ramo imobiliário, seja com compra e venda de imóveis, locação, construções, etc., sofrem com a alta carga tributária imposta pela legislação vigente.

Estudos dizem que, cerca de 96% das pessoas que tem imóveis de aluguel estão pagando mais impostos do que deveriam.

Pessoas que auferem renda com imóveis de aluguel podem pagar menos imposto.

Para melhor entendimento, um investidor autônomo, que opte por fazer suas operações e faturamento como pessoa física, e que atue no ramo imobiliário com locação de imóveis é obrigado a recolher imposto sobre seus rendimentos (IRPF), na alíquota de 27,5%.

Já de outro lado, se esse mesmo investidor autônomo criar uma pessoa jurídica, denominada Holding, e utilizá-la para administrar seus bens e sua renda, a carga tributária poderá diminuir de maneira significativa, atingindo um total aproximado de 11,33% da renda auferida.

Dessa maneira, o investidor que antes era autônomo e tributado sobre a pessoa física, agora é tributado nos moldes das pessoas jurídicas e pode economizar uma média mensal de até 60% do que antes pagava em impostos.

Note ainda, que essa é a economia mensal! Se formos levar em conta o período anual essa diferença passa a ser ainda mais expressiva.

Exemplo prático de como diminuir o imposto que recai sobre a renda de aluguel.

Chegou o momento de compararmos as duas situações.

Na primeira o investidor que atua como pessoa física, ou seja, aquele que está sujeito à alíquota de 27,5% de imposto de renda sobre seus rendimentos.

Já na segunda coluna encontramos esse mesmo investidor estruturado como pessoa jurídica.

Nos dois casos, levaremos em conta uma renda mensal de R$ 10.000,00:

Com o exemplo acima podemos notar uma diminuição mensal de R$ 1.617,00 no recolhimento de impostos, gerando uma economia anual de R$ 19.404,00.

Conclusão

Em muitas situações é mais vantajosa a exploração da atividade de locação de bens imóveis próprios através de uma pessoa jurídica, podendo gerar uma economia significante.

No caso que citamos como exemplo, podemos dizer que a economia foi de aproximadamente 2 meses de aluguel! Correspondendo a aproximadamente 16,66% do faturamento anual.

É como se o investidor tivesse um 13º e um 14º salário.

Por fim, é sempre importante dizer, que é necessária uma avaliação minuciosa do caso concreto para poder afirmar se realmente é viável a transformação do regime tributário visando a diminuição de impostos.

Qualquer dúvida deixe seu comentário.

About the Author:

Pedro Ribeiro
Advogado e Empresário - Diretor Executivo da Guardians - Especialista em Direito Constitucional e em Direito Tributário.